segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

O motivo e a razão

O motivo e a razão
desta minha angústia
desta minha solidão
fruto é...
deste soluço
que me faz calar
que me impede de falar
Ah...
Quem dera fosse diferente
encontrar alguém
para dizer
para desabafar
tudo o que sinto ultimamente
pois...
vivo apavorada nesta solidão
nesta minha timidez
que me perdoem
mas os os meus olhos
não sabem falar
estão apenas a chorar!
M. Godinho

7 comentários:

  1. Nem sempre é fácil expôr os nossos motivos e razões e tu o fizeste de forma estupendamente bela... Aliás, a personagem na gravura enfatizou exaltando, ainda mais, a tua magnífica criação poética. Gostei por demais!
    Beijo e até mais ver...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradecida fiquei, beijinho
      Maria

      Eliminar
  2. Maravilhoso poema, um verdadeiro grito pedindo socorro, de enorme expressividade.

    Apetece responder:

    - Calma, minha amiga, eu estou aqui, estou contigo, e sempre estarei!

    Descansa em mim. Ofereço-te o meu ombro para repousares a cabeça cansada.

    Um beijo do Miguel

    PS - Tentei colocar este comentário no Google+ mas não consegui... Partilhei para a minha página do Google +, e aí, sim, aparece este comentário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh meu amigo Miguel que palavras tão reconfortantes...
      Sei que posso contar contigo neste momento tão difícil pelo qual estou a passar, e é tão bom saber isso.
      Eternamente grata querido e bom amigo
      Beijinho com todo o meu carinho, estima, consideração e amizade,
      Maria

      Eliminar
  3. Bom dia

    No silêncio da noite
    Encontrei este grito angustiante
    Ouvi
    Mas não consenti
    Que se torne meu amante.
    Se o amor tem dor
    Também tem sabor
    E cada pessoa
    Poderá dar-lhe o sabor
    Daquele amor que encanta.
    Beijinhos de esperança.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia

    No silêncio da noite
    Encontrei este grito angustiante
    Ouvi
    Mas não consenti
    Que se torne meu amante.
    Se o amor tem dor
    Também tem sabor
    E cada pessoa
    Poderá dar-lhe o sabor
    Daquele amor que encanta.
    Beijinhos de esperança.

    ResponderEliminar
  5. Rectifico os versos:
    Se o o amor tem dor
    Também tem cor.(não sabor)

    ResponderEliminar