quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Amar!

Amar-te simplesmente

Amar sem tempo
Amar sem barreiras
Amar sem tabus 
Amar sem distâncias

Meu amor é valioso para ser rejeitado
Imenso para ser perdido
Intenso para ser esquecido

Só quero
Só desejo...

Amar-te simplesmente

M. Godinho

Sem comentários:

Enviar um comentário