sábado, 24 de janeiro de 2015

Meu mundo esquecido

Meu mundo esquecido
Sinto-me vazia
vagueio num beco do tempo
à toa e sem rumo
só o passado na mente
vivo por viver
sem esperança
sem luz com
a escuridão
e solidão por companheira
Nada resta dentro de mim
quem dera encontrar
uma saída
um lugar noutra vida
onde permanecesse
no presente
onde pensasse num futuro sem fim
Ah!
triste padecer
quanto sofrimento
quanta dor
sinto a esmargar
e apertar o meu peito
neste inferno de vida
neste...
Meu mundo esquecido
M. Godinho
Pintura Vicente Romero Redondo

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Não me reconheço

Não me reconheço

Sinto-me isolada
sinto-me aprisionada 
numa ânsia de amar
numa vontade de ser amada

Não me reconheço

Vivo com medo
algures estou
perdida nesta solidão
que transformou
a minha vida
em plena escuridão

Tento seguir
tento fugir desta solidão
mas a...
minha alma teima e
não deixa que saia
desta estranha e
amarga prisão

Não me reconheço

M. Godinho

O motivo e a razão

O motivo e a razão
desta minha angústia
desta minha solidão
fruto é...
deste soluço
que me faz calar
que me impede de falar
Ah...
Quem dera fosse diferente
encontrar alguém
para dizer
para desabafar
tudo o que sinto ultimamente
pois...
vivo apavorada nesta solidão
nesta minha timidez
que me perdoem
mas os os meus olhos
não sabem falar
estão apenas a chorar!
M. Godinho

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Inocentemente

Inocentemente
Errei ao amar-te
oh!
quanta ilusão
quanta frustração
me causaste
de te amar
e não ser amada
Pudera eu
voltar atrás no tempo
moderar o meu sentimento
quiça não cometia o mesmo erro
de te amar louca e perdidamente
agora...
de nada servem as lamúrias
ou as lágrimas derramadas
por te ter amado
Inocentemente
M. Godinho

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Esperei pelo Amor

Esperei pelo amor

Por fim o encontrei
a espera terminou
surgiste não sei de onde
e o amor ficou

Agora que o encontrei
a solidão se foi
o carinho voltou
ah!
como é maravilhoso
voltar a amar
voltar a ser amada!
meu coração
preenchido ficou

Digo com gratidão
que este amor
libertou a minha alma
de todo o mal
de toda a solidão

Valeu a pena
tudo o que passei
angústia, solidão e dor?
sim!
pois...
pacientemente

Esperei pelo amor

M. Godinho

Sculptor- Brigitte Teman

Meu Amor

Meu amor

Por ti 
por tua causa
sozinha fiquei 
temendo o medo
temendo a solidão

Reservei
guardei segredos
guardei meu amor
no silêncio da alma
na recordação de
quem tanto te amou

Por ti
por tua causa
em silêncio gritei
por ti

Meu amor

M. Godinho

Para Sempre

Para sempre
para uma vida

Jamais se esquece
quem um grande amor vive
na partilha de sentimentos
de amor
de paixão
de tormentas
de dor

Jamais se esquece
jamais se deixa de sentir
quem um grande amor vive
porque é...

Para sempre
para uma vida

M. Godinho

Espero-te

Espero-te

Olho o horizonte...
procuro um sinal
que me dê esperança 
de te ver
de te ter

Além desta espera
além de mim mesma
apenas sei
o quanto te amo
o quanto te quero
e...
já não sei
se sou eu
se és tu
quem está ausente!

Por tanto te amar
por tanto te desejar...

Espero-te

M. Godinho

Sorrateiro Coração

Sorrateiro coração

Tu que bates
ligeiro
sorrateiro e
silenciosamente
Diz-me que um dia
vais...
voltar a bater desenfreado
louco e desvairado

Não te isoles coração
acredita no amor
acredita na esperança
eu quero tanto acreditar
peço-te,
colabora...

Sorrateiro coração

M. Godinho

Amar!

Amar-te simplesmente

Amar sem tempo
Amar sem barreiras
Amar sem tabus 
Amar sem distâncias

Meu amor é valioso para ser rejeitado
Imenso para ser perdido
Intenso para ser esquecido

Só quero
Só desejo...

Amar-te simplesmente

M. Godinho

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Ironia da Vida

Ironia da vida

Tanto que te amei
com o ardente fogo da paixão
com toda a intensidade
e brilho no coração
Ironia do destino...
apenas e somente
fui para ti
um mero desejo
um simples objecto
um breve momento!
Misturados e divididos
estão os meus sentimentos
entre o meu amor
entre a minha desilusão

Oh cruel destino!
que se opôs e
não permitiu que comigo ficasses
ah meu amor!
Porque surgiste na minha vida
amar-te assim desmedidamente
e saber que não te posso segurar
como é triste viver assim
sangra de dor o meu coração
depois da nossa separação
depois do teu silencioso adeus

Partiste e saíste da minha vida
não por falta do meu amor
da minha dedicação
da minha paixão
ironia do destino...
Nem um beijo
nem um olhar
mereci com o teu adeus!
Dias que não voltam mais
momentos inacabados
e jogados na triste...

Ironia da vida

M. Godinho

Pintura- Dorina Costras 

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Para ti meu amor

Para ti meu amor

Não esqueças
toda a saudade
todas as lágrimas
que por ti derramei

Sabes amor?
na solidão me deixaste
pois...
meu coração tocaste
tudo acabou
e em mim grande
tristeza e desespero
ficou e me isolou

Hoje sou uma mulher
que mantem a esperança
de voltar a ser amada
de te voltar a ter
envolta em teus braços
ah!
quanta saudade
triste e doce lembrança
que guardo...

Para ti meu amor

M. Godinho

Onde estás amigo?

Onde estás amigo?

Lembro-me de ti.
Lembro-me ...
dos nossos momentos...
juntos,
ausentes.
Saudade…
Da tua doce voz.
do teu sorriso belo e sincero…
da tua firme mão segurando a minha,
do teu caloroso abraço,
mesmo que alegre,
mesmo que tristemente me sentisse!!!

Onde estás amigo?

M. Godinho